ECONOMIA
Governo evolui na criação de selo para produção roraimense
O selo ‘Produzido em Roraima’ reforça a identificação de todo o tipo de produto feito em nosso estado
Por Michel Sales
em 7 de junho de 2022

Compartilhe

Foto: Ascom/Seadi
O selo deve estimular a população a comprar no mercado interno, consumindo produtos desenvolvidos no estado

Com a oferta de serviços, emprego e renda em ascensão no Estado, o Governo de Roraima prossegue realizando estratégias econômicas para impulsionar a estrutura dos negócios beneficiando a população. Nesse intuito, a Seadi (Secretaria de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação) debateu esta semana a criação de um selo conceitual, identificando os produtos produzidos em Roraima. O diálogo envolveu representantes da Agricultura Familiar, Competitividade Industrial e Comercial, Negócios Internacionais, Indústria Criativa e Inovação Sustentável.

Realizamos uma reunião bastante produtiva, onde analisamos critérios e evidenciamos estratégias para permear o selo. O passo seguinte é alinharmos nosso discurso com os demais parceiros governamentais e empresariais para que possamos consolidar a criação do selo”, destacou o coordenador Nirval Queiroz.

O selo ‘Produzido em Roraima’ reforça a identificação de todo o tipo de produto feito em nosso Estado, seja ele agrícola, agroindustrial, cultural, artístico, turístico, literário.

Queiroz esclareceu que o selo deve estimular a população a comprar no mercado interno, consumindo produtos desenvolvidos no estado. “O selo em Roraima atestará todos os critérios de confiabilidade, segurança e legalidade. Com o selo destacado nos produtos, o consumidor chega a uma loja, supermercado ou feira, identifica o selo e pode privilegiar a produção regional, fomentando a geração de riqueza, inibindo a fuga de renda para outras regiões, beneficiando o agricultor e o empresário roraimense”, disse.

Para a presidente da Fier (Federação das Indústrias do Estado de Roraima), Izabel Itikawa, a criação de um selo que ratifique a qualidade do produto roraimense agregará valor a toda cadeia produtiva.

Isso vai fortalecer a indústria em seus diversos segmentos, dando visibilidade aos produtos que alcançarão novos mercados e também fortalecerá a imagem do nosso Estado por meio do incentivo ao desenvolvimento industrial, econômico, social e ambiental. Ser referendado por um selo que identifica não só a origem do produto, mas atesta a sua qualidade, a prática de uma gestão sustentável e o compromisso empresarial com a geração de emprego e renda, fará desta iniciativa um marco na história da indústria roraimense“, explicou Itikawa.

 

Diferencial no Mercado

Para o titular da Seadi, Emerson Baú, a ideia do selo ‘Produzido em Roraima’ é um distintivo para o mercado local. “A indústria roraimense passa por uma profunda e vital reformulação e esta transformação acompanha a modernização dos negócios com a inovação e as tecnologias permitindo girar capital, empreender e evoluir nos serviços”, reforçou.

O governador Antonio Denarium também avaliou a criação do selo para o fortalecimento econômico do Estado fomentando ainda o mercado externo. “Roraima possui uma identidade bastante representativa no Brasil e no mundo. A criação deste selo desperta a qualidade da produção local e o intuito é valorizarmos ainda mais as riquezas de nossa região, bem como a criatividade do povo roraimense e sua produção diversa. No futuro, este selo também poderá externar nossas mercadorias e fazer com que o dinheiro gire ainda mais em nosso estado, ampliando a economia do povo”, concluiu.